Brigamos Feio, Terminamos, e Agora?

Conquiste o Cara
Sem Título-3

Uma das maiores dúvidas depois das brigas com o parceiro é: O que fazer quando temos uma briga de grandes proporções? Relacionamentos são verdadeiros quebra-cabeças em nossas vidas. Não vivemos sem eles, mas também, muitas vezes, não conseguimos viver de bem com eles. Essa é uma verdade absoluta!

Brigas, por exemplo, são normais em qualquer relacionamento. Mas em alguns casos as brigas são constantes e feias. Daquelas que podem destruir um namoro ou um casamento. O arrependimento vem logo em seguida, e muitas vezes as pessoas não sabem o que fazer, ou, pior, não conseguem admitir a própria culpa. Até porque, uma briga feia dificilmente acontece sem a participação dos dois, mesmo que um tenha tido a responsabilidade de começá-la, afinal, quando um não quer, dois não brigam.

Mas frases de efeito e velhos ditados não resolvem o grande problema: Vocês brigaram feio e terminaram por causa dessa briga, o que fazer agora?

Se você, como a maioria, não sabe o que fazer, existem alguns fatores a se pensar antes de dar o próximo passo depois de uma briga feia, e dicas de como proceder para remediar essa situação. Confira tudo isso nesse artigo:

Descubra o Motivo Da Briga

Conquiste o Cara

Pode parecer uma questão de pouca importância e até óbvia, mas não é. Muitos casais se lembram da briga e sua intensidade, mas deixam o motivo pelo qual ela começou de lado. Este é um erro que você não pode cometer se deseja acertar as coisas com seu parceiro.

É importante refletir sobre o motivo para que possa identificar se tudo foi um grande erro ou se a briga tinha uma razão importante a ser discutida pelo casal que tomou proporções maiores do que devia.

Se foi por um motivo válido, um pedido de desculpas não vai apagar este problema, que deve ser resolvido também, mesmo que sexo de reconciliação aconteça, o motivo voltará e outra briga feia acontecerá. Por isso encare junto dele o problema de frente.

De acordo com muitos psicólogos, alguns casais brigam com frequência porque possuem um relacionamento vazio e por isso brigam para preencher um relacionamento que tem tão pouco em comum. Portanto, cuidado com esse ponto que é tão importante, saber se realmente se gostam ou se acostumaram a viver com alguém.

Brigamos Demais, Sim, O Que Fazer?

Neste caso o mais correto seria participar um pouco mais da vida um do outro ao invés de ficar reclamando que um não sai do bar e o outro não sai da igreja. E sim, homens estão entrando mais na igreja e reclamando do estilo de vida de suas esposas modernas que saem “demais”.

O segredo aqui é encontrar uma forma de equilibrarem suas vidas sociais como um casal para ter mais em comum e assim, diminuir as brigas por conta da incompatibilidade.

Afinal, de que adianta ter um parceiro ou uma parceira de brigas diárias?

Agora se o motivo for algo complicado de se lidar, como uma traição do passado que vive retornando com frequência nas discussões, ou ciúme descontrolado, o problema deve ser encarado antes de pensar na possibilidade de reatar o relacionamento.

Um caso antigo ou falha considerada imperdoável pela maioria das mulheres, mas que você decidiu perdoar, ou que cometeu, não vai embora facilmente.

Agora, se foi você quem falhou feio nessa história, palavras de baixo calibre e ofensas enrustidas no peito dele podem surgir nessas horas. Apure seus ouvidos e se prepare para relevar o que você sabe que não é sincero e sim raiva demonstrada em forma de palavras feias e tristes da parte de seu parceiro.

Encare o Problema De Frente

Em um relacionamento, devemos sempre lembrar que existem três vidas em jogo: A sua vida, a vida do seu parceiro, e a vida do casal como um todo. E é por essa última que você está lutando para sobreviver, mas não pode, jamais esquecer das individualidades e particulares suas e dele.

Ciente disso, tudo fica mais fácil para resolver os problemas. É muito comum esquecer de que o aspecto individual não desaparece em um relacionamento. Cada pessoa continua tendo suas necessidades e costumes.

Uma pessoa não deixará de ser ciumenta ou paqueradora da noite para o dia em um passe de mágica. Para isso uma conversa com enfoque no que cada uma realmente deseja precisa ser feita.

Atenção à expressão utilizada: Conversa, não briga!

A briga já aconteceu e se você reuniu coragem e vontade para ficar de frente com o seu parceiro, que não seja para brigar novamente. Porque se for, é melhor deixar a situação do jeito que está, até que os dois se acalmem.

Tenha em mente que ficar de frente a pessoa amada após o término do relacionamento por conta de uma briga feia é sempre com a intenção de se conversar para acertar as pendências. Mesmo que essas pendências sejam os termos de uma separação, mas que deve ser feita de forma civilizada.

Uma boa conversa é sempre a melhor forma de resolver essas situações.

Tivemos Uma Boa Conversa e Nos Acertamos, Mas…

Conquiste o Cara

Depois do beijo demorado de reconciliação, as promessas de que isso nunca mais se repetirá começam a rolar solto. Nada pode ser levado ao pé da letra, mas também não podem ser encaradas como promessas vazias.

Pergunte mais sobre o dia a dia do seu parceiro e conte até dez antes de tomar qualquer atitude ou dizer algo que possa prejudicar o seu relacionamento no futuro.

Tente controlar seu ciúme exagerado. Pare de olhar para o lado para cada homem atraente que passa. Esqueça aquele cara do passado. Respeite seu parceiro e, claro, respeite a si mesma acima de tudo.

Nunca se humilhe para um namorado por culpa em uma briga. Faça o que tem de fazer para salvar o relacionamento e pronto e no dia seguinte continue sendo você mesma. E lembre-se de um bom e velho ditado: “Antes só do que mal acompanhada”.

Curta e Compartilhe Com Suas Amigas! Elas Vão Adorar!

Deixe seu comentário!